© Copyright 2018 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções

Mais de 5,5 mil pessoas são afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul

30/10/2019

 

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul informou na manhã desta quarta-feira que 5.531 pessoas foram afetadas pelas chuvas que caem no Estado desde a última segunda-feira. Em relação aos danos materiais, 1.316 prédios foram atingidos pela chuvarada. Quatro famílias de Cachoeira do Sul estão desabrigadas.

 

Nas últimas 48 horas, Dom Pedrito foi a cidade mais atingida pelos efeitos climáticos. Ao todo, 4,2 mil pessoas foram afetadas pela chuva e mil prédios foram danificados na cidade. Três escolas, um quartel do Exército, a delegacia de polícia e alguns estabelecimentos comerciais foram destelhados ou sofreram infiltração com a água da chuva. Inúmeras árvores caíram no centro e em localidades do interior do município. Na estação Guatambu, os ventos chegaram a 145 km/h.

 

Na terça-feira, a Defesa Civil distribuiu um caminhão de ajuda humanitária na cidade de Dom Pedrito. Na manhã desta quarta-feira foi a vez da prefeitura de Bagé, a segunda cidade mais atingida, a receber lonas. Na cidade da região da Fronteira, 840 pessoas foram afetadas e 200 prédios foram atingidos. No município, o vento chegou a 125 km/h.

 

Sobe número de clientes sem energia no Estado

 

Nas áreas de atuação da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e da Rio Grande Energia (RGE) são 106,7 mil clientes sem luz. Novos temporais registrados em Santana do Livramento, São Gabriel e Santa Maria, com ventos de 100 Km/ h, fizeram que o número de residências sem energia na região da RGE subisse de 38 mil para 60 mil.

 

Já na CEEE, o aumento foi de 36 mil para 46,7 mil. As áreas mais afetadas na área de cobertura da estatal são nas regiões carbonífera, campanha (Dom Pedrito, Bagé, Lavras do Sul), litoral (Tavares), Região Sul (Canguçu e Morro Redondo), além da Costa Doce.

 

 

Fonte: Correio do Povo

Please reload

Veja + Notícias

Please reload

logo white.png