Polícia Civil investiga abuso de criança em creche de Cachoeirinha


A família de uma menina de apenas dois anos procurou a 2ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha para registrar um caso de abuso sexual que teria acontecido dentro de uma creche (particular), na mesma cidade. O tio da garota, de 44 anos, conta que a criança vinha apresentando comportamento estranho e agressivo, não deixando a mãe se aproximar das partes íntimas.

“Desconfiada, na tarde desta quinta-feira minha cunhada foi até a creche, cuja matrícula foi feita a cerca de 10 dias, e sentiu um clima estranho. Ela pegou a criança e levou para casa. Foi então que percebeu que a menina apresentava lesões. Ela foi levada ao posto de saúde onde foi informada que a menina tinha sido abusada e orientada a procurar a Polícia.”


O registro foi feito na 2ª DP e a menina foi encaminhada juntamente com a família para fazer o exame de corpo de delito no Hospital da Criança, em Porto Alegre. O delegado responsável pelo caso, Maurício Barison, informou que o fato ocorreu a cerca de uma semana, mas só foi registrado nesta quinta. “Existe um suspeito identificado. No depoimento à polícia, a criança confirmou que sofreu abuso sexual. Porém, é preciso que tenhamos muita cautela porque a vítima não tem discernimento. Ela deverá ser ouvida pelo Juiz e pelo promotor de Justiça dentro do procedimento chamado de Depoimento Especial.”


Segundo o delegado, neste primeiro momento o suspeito será chamado para prestar esclarecimentos e, se necessário, buscas poderão ser realizadas futuramente. Ainda assim, Barison não divulgou o nome da creche e informou que os trâmites estão, neste momento, voltados para a criança.


Fonte: Correio do Povo

0 visualização

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções