Morre mulher esfaqueada dentro de ônibus em Porto Alegre


A mulher esfaqueada dentro de um ônibus na tarde de terça-feira (4), na zona leste de Porto Alegre, morreu no final da noite de ontem no Hospital de Pronto Socorro (HPS). Ariana Arias dos Santos, 34 anos, foi vítima de feminicídio após levar golpes de faca no coletivo que trafegava pela Avenida Protásio Alves. 


O agressor era companheiro da vítima e foi identificado como Maximiliano Rodrigues Freitas, 36 anos. Ele tem vários antecedentes, inclusive uma ameaça contra Ariana, e foi preso por populares logo depois do crime.  


A direção do HPS confirmou o óbito às 23h35min de terça-feira. A vítima foi atingida por facadas nos braços, abdômen e tórax. Segundo o comandante do 11º Batalhão da Brigada Militar, tenente-coronel Douglas Soares, testemunhas confirmaram que a discussão inicial e o crime ocorreram dentro do ônibus da empresa Soul que ia do Centro da Capital a Alvorada. 


Após agredir a mulher, o homem se desfez da faca e desceu do coletivo, mas foi detido por outros passageiros na altura da Rua Curvelo. A Brigada Militar foi acionada e registrou ocorrência de feminicídio.  


Além do antecedente criminal por ameaça contra Ariana, Maximiliano também tem passagens pela polícia, segundo o tenente-coronel Douglas, por posse de entorpecente, fuga e roubo a pedestre com lesões. Ele foi conduzido inicialmente para o Hospital Cristo Redentor devido a escoriações. O casal morava em Alvorada



Fonte: Gaúcha ZH



177 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções