Mãe implora por remédios para filha e desabafa: "Não quero ver ela morrer"



Na tarde desta segunda-feira (18), a equipe do Sentinela foi até o bairro Bela Vista, onde acompanhou a situação dramática que vive uma mãe, que pede desesperadamente ajuda para os remédios da sua filha.


Suzana contou que sua vida mudou drasticamente desde que acolheu sua filha e neta. O ex companheiro da filha, deixou dela após um episódio de surto. A idosa então acolheu ambas e desde então iniciou uma luta pela vida da jovem, que enfrente um caso extremamente grave de depressão.


A jovem se trata junto ao C.A.P.S., porém Suzana não tem conseguido junto ao governo os remédios necessários. A filha precisa tomar diariamente dois remédios, sendo quatro caixas de um e uma caixa do outro, por mês.


A idosa recebe por volta de R$ 500 por mês, e com esse valor ela precisa alimentar as três, gastar em passagem de ônibus ou táxi, visto que a jovem não pode ficar sozinha, onde já houve episódios de surto, e arcar com os demais gastos.


Além de toda a situação, Suzana enfrente diversos problemas de saúde, e deixou de tomar seus remédios para poder comprar a medicação da filha, e mesmo assim teme não conseguir comprar mais da medicação.


"Eu já perdi uma filha com esse mesmo problema, não quero perder outra", implorou a idosa com as lágrimas escorrendo pelo rosto.


A população que deseje ajudar, o endereço da família é na Adolfo Luchesi nº 718, no bairro Bela Vista. Suzana, sua filha e neta precisam urgentemente dos remédios Carbonato de lítio 300 mg, e risperidona 3 mg. A venda dos mesmos é só sob prescrição médica. Para mais informações, o telefone de contato da família é (55) 99933-4274.


Remédios para a idosa e alimentos também são necessários.


Fotos: Ralph Quevedo | Sentinela 24H



386 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções