Livramento contraria protocolo estadual e não retornará as aulas presenciais em 2020



Na tarde desta quarta-feira (14), o Governo do Estado do Rio Grande do Sul divulgou em transmissão ao vivo os protocolos para a retomada das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino.


A retomada gradual deve se iniciar a partir do dia 20, e o foco inicial são aquelas crianças que estariam apresentando problemas de aprendizagem no EAD, e naquelas com dificuldade no acesso ao conteúdo, sendo que não será obrigatório o retorno, os pais e ou responsáveis dos alunos devem definir se desejam que os mesmos retornem ou não.


Em Santana do Livramento, dias atrás já havia sido divulgado um decreto afirmando que as aulas presenciais não iriam retornar em 2020. A reportagem do Sentinela 24H entrou em contato com o Secretário Geral de Governo, Ricardo Dutra, para saber se o posicionamento do município continuava o mesmo.


"Nossas decisões são embasadas em pareceres técnicos e ouvindo todos os setores, C.O.E. Municipal, C.O.E. local, professores, comunidade escolar, diretores, conselho da educação, Secretaria da Educação, ANFRO.


Além disso, estamos inseridos em um contexto de eleições, com grande turbulência e movimentação de pessoas e aumento dos casos em Rivera. Seria muito leviano da parte do município, expor os alunos e as famílias neste momento.


Portanto, mantemos a posição contraria ao retorno da presencial das aulas na rede pública, pela quantidade de alunos e famílias envolvidos. Estamos constantemente, dialogando com os todos setores.


Estamos potencializando as plataformas para aulas remotas e buscando a inclusão dos alunos com alguma dificuldade", declarou Ricardo.


Foto Ilustrativa: Lucas Bichinque | Sentinela 24H

385 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções