Igrejas não poderão abrir suas portas neste domingo de Páscoa em Livramento



Em uma decisão publicada na última sexta-feira (10), a Prefeita Mari Machado determinou que estão proibidas as atividades religiosas presenciais de qualquer espécie em Sant'Ana do Livramento, enquanto dure a pandemia do Coronavírus.


A decisão do Governo Municipal tem em vista a medida liminar concedida pelo juiz substituto Manoel Pedro Martins de Castro, da 6ª Vara no Distrito Federal, exclui do Decreto do Presidente Jair Bolsonaro, as atividades religiosas como serviços essenciais.


Anteriormente, a Prefeita havia se reunido durante a semana com representantes da Associação dos Ministérios Evangélicos de Livramento (AMEL), que solicitaram a abertura das igrejas no domingo de Páscoa.


Em um primeiro momento, as atividades religiosas estavam liberadas para pequenos grupos, porém em nova decisão o Governo Municipal revogou a decisão anterior. Várias pessoas fizeram críticas através das redes sociais, sobre a abertura das igrejas, no momento delicado que vive nossa Fronteira.


Foto: Imagem Ilustrativa - Divulgação | Rádio Senado

195 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções