Garagorri lamenta ficar de fora do UFC Las Vegas 11 e torce para atuar na ‘Ilha da Luta’



Faltando poucos dias para atuar no UFC Las Vegas 11, evento que acontece neste sábado (19), Eduardo Garagorri recebeu a notícia que estaria fora do card e que não poderia encarar Mirsad Bektic. O motivo da saída do uruguaio deste show foi um teste positivo para COVID-19 de um dos seus córners. Dessa maneira, o peso-pena (66 kg), que não atua desde novembro de 2019, não escondeu a decepção por não poder se apresentar.


Em entrevista exclusiva à Ag. Fight, o lutador revelou que por pouco não embarcou rumo a Las Vegas seguindo todo o planejamento traçado com a franquia. Garagorri contou que só recebeu a notícia de que não poderia lutar já no aeroporto e admitiu a frustração sentida com o episódio.


“Dá um sentimento de frustração, mas não muda muita coisa pra mim, porque provavelmente vou lutar daqui umas três semanas. O pior é que já estava bem leve, perto do peso, e também faltou um pouco de comunicação com o UFC. Eu estava no aeroporto quase embarcando para a luta quando recebi a ligação cancelando a luta”, afirmou o atleta, antes de detalhar os momentos antes da queda de sua luta.


“Na quinta-feira nós fizemos o exame do COVID-19 e sexta-feira saiu o resultado positivo de um dos meus córners. No final de semana teve aquela especulação de que a luta poderia ser cancelada, mas nada oficial. Na segunda-feira, meu empresário trocou umas mensagens com o matchmaker do UFC e ele ficou de nos ligar explicando como seria tudo. Nós até tínhamos recebido por e-mail o cronograma de como ia ser minha semana da luta lá em Las Vegas, então decidimos viajar. Aí uma hora antes do avião decolar eu recebi a ligação com o cancelamento da luta”, completou.


Com o adiamento do combate, Eduardo Garagorri agora torce para conseguir uma vaga nos eventos na ‘Ilha da Luta’, que estão programados para acontecer do dia 26 de setembro até o dia 24 de outubro em Abu Dhabi. De acordo com o uruguaio, essa possibilidade já é real, mas depende dele passar ileso pelos testes de coronavírus.


“Essa informação foi passada pelos bastidores do UFC , mas não é nada oficial. A princípio eu tenho que refazer o exame e persistindo o resultado negativo, acho que eles me encaixam em algum card na ‘Ilha da Luta’, porque as lutas no mês que vem serão todas realizadas lá”, explicou o atleta, que possui 13 vitórias e uma derrota na carreira.


Questionado sobre a possibilidade de Mirsad Bektic ser mantido como seu adversário, Garagorri deixou a decisão nas mãos do Ultimate. Com poucas apresentações no evento e com a uma derrota na última luta, é de se esperar que ele ainda não tenha muito o que pleitear com os promotores do show.


“Parece q eles estão procurando um adversário para o Mirsad para agora sábado e creio que se não encontrarem nenhum a tempo a nossa luta deve ser mantida. No momento eu tenho que aceitar o adversário que o UFC me oferecer. Eu pretendia vencer essa luta para aí sim poder desafiar alguém”, finalizou o atleta de 31 anos, que na sua última apresentação foi derrotado por Ricardo ‘Carcacinha’, em evento realizado em São Paulo.


Fonte: Ag. Fight

Foto: Leandro Bernardes | PxImages

307 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções