Ex-atleta da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, é encontrada morta, em Toledo

A ginasta Ana Paula Scheffer, de 31 anos, ex-atleta da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica, foi encontrada morta em casa, nesta sexta-feira (16), em Toledo, no oeste do Paraná, segundo a assessoria da equipe de ginástica rítmica da cidade. Conforme a assessoria, ela estava deitada na cama do quarto quando foi encontrada, por volta das 12h, pela mãe Sonia Scheffer.


"Foi um susto! Encontrei ela, olhei e saí. Gritei a vizinha, comecei a gritar, foi um susto muito grande", contou a mãe.

Segundo a mãe, a filha nunca reclamou de dores no corpo ou apresentava doenças. O velório deve ser realizado em Toledo, mas o local ainda não foi definido. Atualmente a ginasta trabalhava como técnica de ginástica rítmica, em Cascavel. A causa da morte ainda será apurada, mas a suspeita é que ela tenha tido um infarto fulminante, conforme a assessoria.


Ana Paula recebeu medalha de bronze no aparelho Arco, nos Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro, em 2007. Segundo a Confederação Brasileira de Ginástica, Ana Paula também trabalhou como treinadora nas seleções transitórias de Ginástica Rítmica Individual e de Conjunto. O corpo da ex-atleta foi levado pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Toledo e, até a publicação desta reportagem, não tinha sido liberado para a família.


Fonte: G1

193 visualizações0 comentário