Estudante morre após ser baleado em casa noturna em Uruguaiana

Um estudante de 24 anos foi morto após sofrer um tiro no abdômem, na madrugada deste domingo (19), em uma casa noturna em Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu após uma briga no local. A vítima, identificada como Wesley Ferreira da Nova, chegou a ser levada para um hospital, mas morreu durante a manhã.

O suspeito do crime é um terceiro sargento do Exército, de 26 anos, que estaria na companhia da ex-namorada da vítima. O homem foi preso em flagrante por homicídio qualificado, por motivo fútil e meio que dificultou a defesa da vítima, e foi encaminhado para uma prisão militar. O suspeito alegou legítima defesa. Contudo, o delegado Róbinson Palominio explica que testemunhas questionam a versão do militar. A Polícia Civil pediu a decretação de prisão preventiva do indivíduo e aguarda decisão Judicial. "Foram ouvidas cinco testemunhas que relataram todo o ocorrido, em depoimentos harmônicos e coerentes entre si. Elas afirmaram não se tratar de legítima defesa, ao contrário do que o investigado apontado disse", detalha.

A 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada do Exército afirma que, "por não se tratar de um crime militar, a Polícia Civil vem conduzindo as investigações". O suspeito seria natural do Pará. Outros dois militares, que estariam na companhia do suspeito, foram presos em flagrante. Um deles, por porte ilegal de arma de fogo; o outro, por desacato, resistência e lesão corporal contra a Brigada Militar.

Texto: G1

Foto: Divulgação

1.348 visualizações0 comentário