Entre Virgulas: O "Amor" e o "Amar"



São duas palavrinhas que estão interligadas, mas tem significados diferentes.


O "amor" como sabemos é um sentimento, e o "amar" é forma, a maneira como tu vais demonstrar isso. É preciso ser muito livre para exercitar o verdadeiro "amor".


O sentimento de amor que nasce entre um homem e uma mulher e/ou entre duas pessoas independente de sexo, está fundamentado neste raciocínio. Quando uma pessoa se sente atraída por outra pessoa e quer se unir a ela numa união de "amor", o que mais se procura é a maneira como tu vais demonstrar isso.


Com a palavra "amor", dizemos o que sentimos. Com a palavra "amar", dizemos o que fazemos, é a nossa ação para demonstrar o "amor".


O "amor" tem um limite que no "amar" não há, este, dura para sempre.


É preciso ser muito livre para exercitar o verdadeiro amor. Na verdade quem ama não prende, liberta, não reprime, nada cobra, deixa voar...


A vida é passageira e muito breve: felizes são aqueles que olham para suas vidas e podem amar e serem amados. Nós temos várias formas de amar, de demonstrarmos ao outro o que sentimos. Opte por aquela que se conquista e se renova todo o dia, que amando mais, se ame mais, a si mesmo, que some, acrescente, busque...


Nunca devemos esquecer que tudo vem de Deus: os bens e os males, a vida e a morte, a pobreza e a riqueza.


A sabedoria nos ensina que "amar" é a sublimação da própria vida, que tudo é uma dádiva e que devemos ter esperança de que nosso "amor" faça feliz a pessoa "amada"!


Feliz Dia dos Namorados a todos que compartilham um "amor"!!

55 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções