Entre Vírgulas: S.O.S. Mãe Terra



Você já percebeu que nossa terra pede, implora, por socorro?


Assistimos de camarote a destruição da natureza, sem nada fazer, como meros expectadores. Não percebemos que nós mesmos somos os agentes da própria destruição. Espiritualmente estamos doentes e infectando o planeta com nossa ganância e ignorância materialista. O que está acontecendo com a Amazônia já acontece há muito tempo só que agora, está escancarado. O desrespeito com os índios, fauna e flora é um vexame para o Brasil. Falam tanto no Covid-19 como um vírus mortal e o vírus somos nós mesmos que causamos esse crime ambiental contra a Mãe-Natureza. É revoltante ver essa destruição toda!


O nosso planeta é um oásis no universo, mas nossa fascinação pelo materialismo esta destruindo o que temos de mais belo: o mundo em que vivemos. Quando você reclama de confinamento na pandemia, lembre-se dos animais que passaram a vida inteira num zoológico, dos pássaros nas gaiolas. É triste visualizar a ignorância da raça humana em desrespeitá-los publicamente como em circos, rodeios, touradas e tantos outros eventos que denominamos como tradicionais, parte de uma cultura, tradição. Os animais não são coisas, são criaturas puras e inocentes, que nos acalmam, nos dão alegria e renovam nossas energias.


Precisamos, urgente mudar nossa forma de pensar, sair do conforto, deixar de lado a sensação de impotência e elaborar maneiras de ajudar o planeta, a Mãe-Natureza e todo um ecossistema que nos cerca. Este curso precisa mudar. Precisamos nos fortalecer. Cabe lembrar aqui que somos parte da natureza e que toda a energia que precisamos vêm dela. Não a destrua, faça tudo o que puder, que estiver ao seu alcance para mantê-la viva. Escute sua voz, ela fala... Não seja omisso!


Nossa pobreza está em não viver de acordo com as leis da natureza. Nossa riqueza está em amá-la! Que o luxo, a nossa melodia, nossa extravagância seja sempre o "simples", (sim, porque "ostentação' pra mim é ser simples) e que possamos ter o prazer de apreciar e curtir e que a Mãe-Natureza nos oferece com sua imensidão, sua beleza infinita. Agora é primavera e que coisa maravilhosa ver a Mãe-Natureza parindo as flores, as sementes que outrora foram semeadas.


Nossos campos estão cobertos de novos nascimentos, de bebês que são colírios aos nossos olhos. Ver o fluir da vida é emocionante!

58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo