Entre Vírgulas: Origem do Carnaval



Acredita-se que a origem do Carnaval se deu na Grécia, em meados dos anos 600 a 520 A.C., no qual os gregos celebravam seus deuses e agradeciam.


No Brasil iniciou-se no período colonial. Uma das manifestações carnavalescas foi o "entrudo", uma brincadeira de origem portuguesa que, na colônia, era praticada pelos escravos. Nela, as pessoas saíam às ruas sujando umas às outras, jogando lama, farinha, ovos, tinta, etc... Mais tarde com o objetivo de civilizar a festa, essa prática foi proibida e as pessoas passaram então a jogar confetes, serpentinas e buquês de flores. Com o passar do tempo o Carnaval foi adquirindo outras formas de se manifestar como o baile de máscaras, cordões, ranchos e marchinhas. O surgimento das "sociedades carnavalescas" contribuíram para a popularização da festa entre as camadas pobres.


A partir do século XX, a popularização da festa contribuiu para o surgimento do samba, estilo musical muito influenciado pela cultura africana e do desfile das escolas de samba. Foi neste período que o Carnaval assumiu a posição de "maior festa popular do Brasil". Com a expansão do rádio as marchinhas caíram no gosto popular que tiveram "Carmem Miranda" e "Francisco Alves" como maiores interpretes do gênero. Na década de 60, a marchinha deu lugar ao "samba-enredo" das escolas de samba.


Com a pandemia do novo Coronavírus várias cidades estão cancelando ou adiando o Carnaval 2021 pois não podemos nos aglomerar.


Que num futuro próximo possamos ter a alegria de festejar nossos costumes mais ancestrais, de sermos felizes e que a alegria reine em todos os corações!

52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo