Entre Vírgulas: Deixe-me viver!



Com amor pela vida, pela liberdade de ser e amar... Falar e tagarelar, quantas vezes forem necessárias as histórias de minha infância, juventude...


Que tenham paciência de me aguentar na velhice... Vencer o que tenho que vencer... Conviver com os amigos, colegas, família...


Deixe-me viver em meu lar, com minhas coisas, minhas lembranças mais remotas, com tudo aquilo que faz de mim o que sou e que é um pedaço de minha vida...


Deixe-me viver feliz na última parte do caminho que me falta caminhar.


Tenho o direito de escrever minha própria história, sou seu próprio livro, com garranchos, lacunas, folhas cheias ou vazias, coloridas ou em preto e branco, com passagens tristes ou alegres, enfim, com tudo que compõe uma vida.


Deixe-me viver na paz de meu sorriso e no amor de meu coração!


Simplesmente... Deixe-me viver!

84 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções