Dona Silna após não conseguir votar por falta de acessibilidade, vota na Escola Mauricio Cardoso

Na manhã deste domingo (15), a Dona Silna Barbosa Lampert que é uma das fundadoras da ASSANDEF, conta que possui muita pouca acessibilidade em Livramento para as pessoas cadeirantes. Ela conta que procurou o fórum porque o local onde ela iria votar não possui acessibilidade para pessoas cadeirantes.


Dona Silna fala que tem o conhecimento de muitas pessoas que acabaram ficando sem votar por falta de acessibilidade, nas outras eleições não havia problema para as pessoas com alguma deficiência votar, porém no dia de hoje foi surpreendida com esta falta de consideração com as pessoas, como ela mesmo diz.


Ela acabou conseguindo ter o seu direito de voto, já que teve que ir até a Escola Mauricio Cardoso, onde possui acessibilidade para pessoas cadeirantes.


Foto: Igor Quevedo | Sentinela24H

189 visualizações0 comentário