DOM PEDRITO | Dados sobre agricultura e pecuária no Informativo Conjuntural



O escritório municipal da Emater lançou mais um Informativo Conjuntural – período 26/11 a 3/12 – onde as temperaturas oscilaram entre a máxima de 28º C e a mínima de 10º, com a umidade relativa do ar chegando a uma mínima de 40%. As chuvas apresentaram variações nas diversas localidades, sendo que na sede do município - Dom Pedrito - acumulou densidade pluviométrica de 22 mm. O volume total acumulado é de 1.506 milímetros no ano.


Pecuária


Bovinos de corte: o estado corporal do rebanho é bom, assim como o estado sanitário, naqueles produtores que praticam um correto ajuste de lotação estão com um bom estado nutricional. A comercialização do gado gordo continua com pouca agilidade. Os valores de comercialização praticados para o gado gordo tiveram valorização após um longo período em valores mais baixos. Está em andamento a campanha de vacinação anti-aftosa, que se estende até 10 de dezembro.


Bovinos de leite: estado corporal e sanitário é bom. O estado nutricional também é bom.


Ovinos: os produtores fazem a tosquia, controle da verminose e alguns já procedem o desmame dos cordeiros e comercialização.


Pastagens: embora as chuvas no perímetro do município venham ocorrendo de forma irregular, nas localidades que não vem chovendo ainda podemos dizer que existe uma boa oferta de forragem nativa, já as artificialmente cultivadas de inverno estão fechando o ciclo. Tanto as perenes de verão como as implantadas começam a produzir maiores volumes de alimento.


Apicultura: os produtores já estão colhendo mel da florada do eucalipto e em outras localidades das espécies nativas. A comercialização obteve uma pequena recuperação, mas com pouca agilidade, mercado ainda retraído.


Agricultura


Arroz: a área implantada para a próxima safra é de 100% de um total de 40.800 hectares previstos. A condição fitossanitária é normal e as lavouras mostram um stand e vigor bom.


Soja: os produtores seguem fazendo os trabalhos de pré-plantio, recebimento dos insumos. O plantio já anda por volta de 80%.As lavouras mostram um stand e um vigor promissores.


Olericultura: o mercado de olerícolas oferta um volume grande de folhosas e está com dificuldade de produzir outras espécies, tais como, raízes e frutos devido as condições climáticas e a pouca estrutura de produção, com isso a população se obriga a comprar produtos importados das grandes centrais de comercialização ou de outros municípios em outras regiões.


Fruticultura: as espécies de clima temperado quebraram a dormência com bastante vigor, favorecidas pelo bom acúmulo de horas de frio abaixo de 7,2°C.


Milho, sorgo, cevada e trigo, ainda não há informações sobre áreas plantadas.



25 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções