Direção da Santa Casa fala sobre denúncia de Vereador, "Não condiz com a verdade"



Na manhã desta terça-feira (27), a equipe do Sentinela 24H conversou com a gestora da Santa Casa de Misericórdia, Leda Marisa, sobre uma denúncia feita pelo Vereador Felipe Torres a respeito do atendimento de um idoso de 83 anos no Pronto Socorro do hospital.


Leda iniciou a entrevista afirmando que o relato do Vereador era uma "versão parcial e que não condiz com a verdade". O homem teria sido resgatado pelo SAMU e prontamente atendido na maca.


Chegando ao hospital, o idoso teria sido medicado e ficado em observação por três horas, sendo que quando marcou 1h20 o homem estaria pedindo para ir embora. A gestora explicou que as queixas de dor seriam relativas a uma doença crônica que ele não estaria tratando, um reumatismo.


Para Leda, é necessário que a família cuide e garanta que o idoso uso o medicamento receitado de forma continuada. Além disso, ela garantiu que o homem não perdia sangue de forma nenhuma e que suas dores consideráveis seriam relativas ao reumatismo.


Questionada sobre relatos de hostilidades contra os funcionários do plantão, Leda desabafou, 'Sempre que essas denominadas denúncias são publicadas, elas alimentam uma postura de agressividade e hostilidade com a equipe do Pronto Socorro.


Foto: Lucas Bichinque | Sentinela 24H

1.157 visualizações0 comentário