Denúncias de trabalho infantil são investigadas pela Assistência Social

Na manhã desta segunda-feira (29), a Secretária de Inclusão e Assistência Social Gabriele Fernandes, falou a respeito do trabalho que esta sendo realizado, em busca do fim da exploração do trabalho infantil.


A Secretária conta que no dia 28 de janeiro foi efetuada a capacitação em Uruguaiana com o Conselho Tutelar e Assistentes Sociais, a respeito da erradicação do trabalho infantil com o Ministério do Trabalho de Uruguaiana.


Ela relata que o trabalho do jovem a partir de 14 anos sendo efetuada de forma legal é permitido, oque não é legal é a criança não frequentar a escola para trabalhar, já que é este tipo de denúncia que chega até a Assistência Social.


Segundo a Secretária esta ocorrendo várias denuncias em relação ao trabalho infantil, onde a Assistência Social vai atrás das famílias para saber o porque estas crianças estão indo trabalhar em vez de estarem na escola.


Ela fala que a primeira busca ativa tem que existir o acompanhamento do conselho tutelar, onde é efetuada a busca pelo histórico sócio econômico da família da criança.


“Queremos tirar estas crianças da rua , para que elas possam ser inseridas no mercado de trabalho de forma legal, como deve ser” comenta.


Foto: Yuri Teixeira | Sentinela24H

830 visualizações0 comentário