Delegada apresenta versão de motorista flagrado arrastando cachorro em Livramento



Na tarde desta terça-feira (27), a equipe do Sentinela 24H foi até a Polícia Civil, onde a Delegada Giovana Muller falou sobre um caso polêmico, que gerou revolta na comunidade da Fronteira da Paz.


Imagens que circularam nas redes sociais, mostram um veículo arrastando um cachorro, nas imediações da Av. Dom Pedro II. O caso chocou os santanenses e riverenses que assistiram as imagens, e a Polícia Civil nesse momento iniciou os trabalhos para apurar toda a situação.


No decorrer desta quarta-feira, o condutor do veículo foi até a Delegacia e prestou o depoimento. "A alegação dele é que não viu, que ele foi avisado por populares. Viu que o cachorro estava morto, colocou dentro do carro e enterrou", contou a Delegada.


Segundo Giovana, as imagens de câmeras estão sendo analisadas para apurar a situação desde o início. "Em tese, não houve uma prática criminosa no sentido de querer maltratar um animal", declarou a Delegada.


O motorista do veículo estaria abalado com o que aconteceu. "As pessoas tem que ter consciência do uso das redes sociais e não pré julgar", declarou Giovana após ser questionada sobre os casos de ameaça que o homem e seus familiares estariam sofrendo.

Foto: Yuri Teixeira | Sentinela 24H


2.224 visualizações0 comentário