De vendas on-line a lojas físicas: Empresária conta sua história no Dia do Comerciante



Nesta quinta-feira (16), é celebrado o dia do Comerciante, data destinada a homenagear os profissionais que trabalham na área, seja na venda de produtos ou serviços.


Nossa reportagem conversou com a empresária Andressa Ribeiro. A comerciante iniciou sua trajetória no ramo de vendas on line, e hoje possuí duas lojas físicas no centro de Livramento.


Confira a história:


"Maria Vaidosa nasceu de um dinheiro de férias investido (convertido em produtos). Eu tinha 22 anos e trabalhava em uma concessionária de veículos na época. Sempre trabalhei em comércio e sempre com vendas.


Dois anos depois sai deste trabalho e fui para setor comercial de uma escola particular. Nossa foi um aprendizado incrível! Nesta época Maria Vaidosa pegou vento na camiseta... Vendi muito somente através de Facebook e entregava nas horas de intervalo do trabalho. Até que fiquei grávida e fiquei deitada até ganhar. Neste meio tempo a sala da casa virou estoque eu fazia os pedidos on-line e o marido entrega os batons para as pessoas que iam buscar no endereço, até que ele também deixou seu emprego e quis se dedicar a algo dele. Começou Peewee Store.



Tínhamos uma loja na sala agora. Então surgiu a ideia de que no ano seguinte 2017 eu montaria uma lojinha. E fui atrás de móveis para deixar guardado. Chegando lá acabei negociando o ponto também! Foi aí que nasceu Maria Vaidosa física em 2016, e com meu bebê nos braços. Dividimos a loja e botamos o negócio pra frente. Aí já tínhamos Facebook, Instagram e ponto físico bem no centro da cidade. Eu contando com meu seguro desemprego para pagar o aluguel, o que não pude contar porque me foi negado por conta da abertura do CNPJ. Graças ao nosso bom Deus, não fez falta.


Primeira loja de maquiagens da cidade e sempre inovando trazendo tudo em primeira mão. Viramos referência na região e no Uruguai. Logo em 2018 tivemos um terrível acidente o que destruiu por dentro a mim, meu marido, meus pais, nossa colaboradora que sempre foi um anjo em nossas vidas. Perdemos tudo. Loja e produtos. Aí veio a escolha, lamentar ou começar de novo. Ainda bem que temos grandes pessoas em nossas vidas. Levantamos a loja em dias, e começamos tudo de novo e com mais sede... o que resultou um ano depois?


Maria Vaidosa estava indo para o ponto que eu sempre sonhei que estaria, na esquina mais linda da cidade... e ainda mais? Com Peewee Store ao atravessar a rua... e ainda Peewee Barber nascendo... orgulho? Nossa... muito! Isso não é soberba, isso é fruto de muito trabalho, muitas abdicações, muitas escolhas e muitas renúncias. Noites mal dormidas, viagens cansativas e muito estudo.


Hoje no dia do comerciante me sinto lisonjeada pelo convite da página pois me vejo na obrigação de inspirar pessoas a seguir seu sonho, porque trabalhar com o que se gosta nos realiza embora seja trabalhoso, mas devemos lembrar que nada é fácil. E tudo que conquistamos batalhando tem um sabor melhor!


Queria também agradecer as pessoas que em meu caminho estiveram e plantaram as sementes que eu souber regar em minha vida. Meus pais (comerciantes) que por nove anos trabalhamos juntos e aprendi tudo. Outro marco na minha vida que foi minha antiga patroa Alessandra, a qual me ensinou que o difícil é sempre o melhor caminho. Meu marido que sempre está por trás das minhas loucuras e sempre está na retaguarda. Ao nosso filho e nossos colaboradores. Sem estrutura nada somos! Feliz dia a todos os comerciantes desta cidade que tanto amo!"


Origem da data


Sendo uma das datas mais antigas do mundo, ela surgiu a partir da criação da Lei nº 2.048 em 26 de outubro de 1953. Ela homenageia a data de nascimento de José Maria Silva Lisboa, o Visconde de Cairu, Patrono do Comércio Brasileiro.


Ele foi responsável pela criação das primeiras leis que beneficiaram o comércio brasileiro, antes totalmente dependente de Portugal.


Fotos: Arquivo Pessoal

672 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções