Coronavírus: os sites que mostram dados de mortes, contágio e situação dos Estados no Brasil

Muitas vezes fica difícil compreender os dados e entender o que está acontecendo com tantas informações circulando o tempo todo.


Por causa disso, diversos especialistas, veículos jornalíticos e autoridades de saúde criaram sites com números, textos e gráficos atualizados em tempo real, para tentar tornar todas essas informações mais compreensíveis para a população.


Agora separamos sites, grupos e aplicativos que reúnem as informações, só que para o Brasil.


Ministério da Saúde



Depois de uma tentativa de divulgação com uma plataforma que não deu certo, o Ministério da Saúde criou nesta semana um site interativo específico para mostrar os últimos dados sobre a covid-19 no país todo.


A atualização está sendo feita ao menos uma vez por dia. A data e hora da última atualização ficam no canto superior direito.


O site exibe o número total de casos confirmados, o número de mortes confirmadas até o momento e o percentual de letalidade. A plataforma também mostra os números por Estado e por região do país.


O ministério da Saúde também tem dois aplicativos para celular com dicas para prevenção e endereços de unidades de saúde mais próxima.


Eles podem ser baixados de graça nas lojas de aplicativo do Google (para quem tem telefones com o sistema operacional Android) e da Apple (para quem tem iPhone).


Você pode acessa-lo aqui.


Painel Coronavírus Brasil



A Rede Covida, uma iniciativa do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia) e da Universidade Federal da Bahia, criou um painel para monitoramento do coronavírus no país, com atualização em tempo real.


A plataforma permite que o usuário visualize os dados atuais, a evolução dos casos, os óbitos, a concentração da doença e a previsão da situação nos próximos dias em todos os estados no Brasil.


O painel usa dados confirmados do Ministério da Saúde e das secretarias de Saúde de cada estado.


Acesse aqui.


Telegram de Átila Iamarino



Além de seu já conhecido canal no YouTube, o biológo Atila Iamarino, especialista em virologia pela Universidade de Yale, criou um canal no aplicativo Telegram no qual ele e outros cientistas compartilham informações sobre a covid-19, com base nas pesquisas mais recentes.


O canal já tem mais 83 mil pessoas que recebem as informações.


Você pode participar aqui.


Lagom Data



O instituto Lagom Data, criado pelo jornalista de dados Marcelo Soares, fez um painel interativo com uma grande quantidade de dados sobre a covid-19, apresentados em forma de mapas e gráficos.


Além dos números totais e por município, também é possível ver a taxa de incidência da doença por milhão de habitantes nas capitais e nos Estados.


Um mapa interativo mostra também o número de mortes por Estado.


O site disponibiliza também uma série de referências para contextualizar os dados para quem se interessa em saber mais.


Confira aqui.


Universidade Federal de Viçosa



Wesley Cota, doutorando em redes complexas pela Universidade Federal de Viçosa, criou um mapa interativo com o número de casos confirmados por município.


Os dados não são atualizados em tempo real, então, pode haver atraso em relação aos últimos números do Ministério da Saúde. Mas a ferramenta é útil para quem quer saber a incidência do vírus em sua cidade.


Também há uma tabela com a evolução temporal por município e um mapa com o risco de propagação modelado matematicamente por ele.


Acesse aqui.


Rice University



O mapa criado pelo Laboratório de Estudos Espaciais da Universidade Rice, nos Estados Unidos, usa os dados das secretarias de saúde dos Estados para montar um painel interativo.


Não são informações diferentes das de outros sites já citados, mas são apresentadas com um layout próprio que coloca tudo no mesmo painel.


Confira aqui.


Seja Alguém


Além dos dados brasileiros, o site de dados Seja Alguém, que tem informações sobre finanças e cidadania, reuniu também os números do coronavírus por países do mundo todo em português.


Além disso, tem gráficos analíticos, como um que traz uma simulação do número de mortes no Brasil caso ele siga a mesma taxa de número de mortos por mil pessoas de alguns outros países.


O gráfico é feito com base nos dados do Centro Europeu para Controle e Prevenção de Doenças.


Acesse aqui.


Fonte: BBC News | Brasil



210 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções