Com venda da Oi, clientes gaúchos da operadora poderão migrar para a TIM

Mais de 40 milhões de usuários dos serviços de telefonia da Oi serão transferidos para uma nova operadora nos próximos meses. Os clientes serão divididos entre Tim, Vivo e Claro que tiveram a compra da rede pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), nesta quarta-feira, por 16,5 bilhões. A mudança será feita em etapas e por região, conforme o DDD do cliente, mas nenhum consumidor será obrigado a aceitar a operadora indicada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), podendo escolher o destino da portabilidade.


Os clientes do Rio Grande do Sul, com os DDDs 51, 53, 54, 55 deverão ser transferidos para a TIM, e serão avisados, individualmente, o momento em que haverá a transição. Até isso acontecer, a Oi continuará prestando o serviço. A mudança deverá manter as mesmas, ou melhores, condições de planos praticadas pela Oi para os clientes, como preços, vigência e valores do pacote.


As operadoras terão de enviar um aviso aos consumidores sobre a transferência, e caso não aceitem, as telefônicas deverão fazer a migração para a companhia desejada. A Claro é a operadora que vai herdar 15 milhões de clientes da Oi, seguida pela TIM com 14,5 milhões e pela Vivo, com 10,5 milhões.



593 visualizações0 comentário