Cavalo de carroceiro morre e santanense faz apelo por meio para trabalhar



Na tarde desta quarta-feira (31), a equipe do Sentinela 24H conversou com o carroceiro Edilson, trabalhador santanense que vive um drama após a morte do cavalo, seu companheiro e meio de trabalho.


Segundo Edilson, o animal acabou se enredando com uma corda, caiu e quebrou o pescoço, "Entrei em desespero, dependo daquele animal. Para mim, foi uma perda grande, pois dependo dele para sustentar minha família e tinha muito carinho por aquele cavalo", desabafou.


O santanense relatou trabalhar com frete, juntava sucata, e até mesmo trabalhava como jardineiro.


O carroceiro revelou que esse animal acabou sendo um presente de um amigo no ano de 2017 e desde então, o principal meio de levar a comida para casa.


Edilson que sofre de doenças, fez um apelo para a comunidade por ajuda, para que de alguma maneira ele tenha um novo cavalo, possa trabalhar e sustentar sua família. O número de contato da família é o (55) 98421-3482 e o endereço da família é na Av. Dom Pedro II nº 2800.


Foto: Lucas Bichinque | Sentinela 24H

1.376 visualizações0 comentário