Caso de homicídio em Rivera tem reviravolta



Um caso de homicídio em Rivera ocorrido na última segunda-feira (25), registrou uma reviravolta nas últimas 24 horas, quando o suposto acusado do crime foi liberado, após as investigações revelarem outro cenário completamente diferente envolvendo o crime.


Os primeiros fatos apontavam que a vítima de 24 anos, teria sido baleada em via pública. Levado em um veículo particular até o Hospital Departamental de Rivera, onde já teria chegado sem vida. Um trabalho de perícia foi realizado no local do suposto crime, uma praça, e a investigação ficou a cargo da Direção de Investigações da Jefatura de Polícia de Rivera.


Segundo informações extraoficiais repassadas para a equipe do Sentinela 24H, as autoridades através de um trabalho investigativo, conseguiram apurar que o disparou não teria ocorrido em via pública, e sim dentro de um estabelecimento comercial, onde a vítima e outro homem estariam tentando realizar um furto.


O proprietário do estabelecimento teria sido o autor do disparo que acabou matando o homem de anos, que já possuía vários antecedentes criminais. Ele foi detido durante as investigações, e liberado pelo judiciário uruguaio devido a LUC - Lei de Urgente Consideração, que determinou que o homem agiu em legítima defesa.


A família da vítima ainda pode recorrer da decisão da justiça do Uruguai.


Foto: Manuel Posada | Sentinela 24H

958 visualizações0 comentário