top of page

Casal do Rio Grande do Sul que desapareceu após viagem a SP está detido no Líbano, diz polícia



Um casal de Carazinho, no Norte do Rio Grande do Sul, que desapareceu após viajar a São Paulo (SP) para fazer compras, foi encontrado no dia 29 de dezembro. De acordo com a Polícia Civil, Igor Antônio dos Santos Cabral, de 26 anos, e Juliana Nunes do Nascimento, de 31, estão detidos em Beirute, no Líbano.


"Familiares do Igor estiveram na delegacia para informar que autoridades consulares do Líbano entraram em contato com eles e informado que Igor e Juliana teriam sido detidos ao desembarcarem no Aeroporto em Beirute, capital do Líbano", conta Rita de Carli, delegada responsável pela investigação.


A delegada afirma que o Itamaraty e a embaixada brasileira no Líbano foram contatados. A dupla está detida desde 19 de dezembro. Os dois receberam assistência consular e os órgãos disseram à polícia que permaneceriam em contato com as famílias para mantê-las informadas sobre o caso.


A embaixada não informou à polícia o motivo da detenção do casal. No entanto, isso teria sido informado aos familiares. A família de Igor disse à RBS TV que não tem "nada a declarar no momento". Já a família de Juliana disse que "vai tentar descobrir mais detalhes".


Não há informações sobre se e quando o casal vai voltar ao Brasil. A RBS TV entrou em contato com o Itamaraty e com a embaixada para obter mais informações sobre o caso, mas ainda não teve retorno.


O desaparecimento

Igor e Juliana viajaram para São Paulo em 13 de dezembro. Eles chegaram à capital paulista no dia 14 e mantiveram contato com familiares até o dia 18. A última troca de mensagens havia ocorrido nesse dia.


Depois disso, a mãe de Igor, Claudete, disse que tentava ligar para o celular do filho e para o da namorada dele, mas os telefones não chamavam. Outros familiares e amigos mandaram mensagens, mas não houve resposta. A última visualização de mensagens por parte deles foi por volta das 16h do dia 18.


Segundo a Polícia Civil, o casal está junto há dois anos e essa foi a primeira viagem que fizeram a São Paulo. Apesar de morar em Carazinho, Juliana é natural de Belém, no Pará.


Fonte: G1


0 comentário
bottom of page