Carnaval! Luta de classes



O Carnaval é uma festa sempre ligada ao pobre e ou uma comunidade. Trabalham o ano inteiro por uma noite de glória, distrair ricos e a elite em seus camarotes, Me digam de verdade: há ou não há diferença entre classes?


Ora façam-me a favor, não sejam hipócritas. Enquanto os ricos gastam uma fortuna com bebidas/comidas em seus camarotes, a senhora idosa ''sua'' em bicas dentro da fantasia de baiana e ainda por cima feliz por representar sua comunidade. E outros que passam o ano inteiro juntando dinheiro para investir na fantasia somente por alguns instantes.


Quando a noite terminar e o encanto de ''Cinderela'' acaba, todos voltam para suas casas numa favela imunda, sem saneamento básico, muitas vezes sem luz, num chão batido e sem nenhuma segurança. Mas que país é este?


País da inversão de valores, da pobreza, do blá blá blá, do mi mi mi, das muitas falas e nenhuma atitude. Notoriamente esta presente a ''luta de classes''


Não há interesse de nossos governantes e nunca existirá em acabar com essas diferenças. Alias, penso que a ''pobreza'' os fascinam, O povo paga através dos impostos um serviço que por direito teria, mas é uma luz no fim do túnel. E o verdadeiro Carnaval, da simplicidade, do confete e serpentina, onde está?


Nesta época do ano, o ''pobre'' tem a oportunidade de falar sobre seus sonhos, fantasias, ilusões...


As mulheres colocam os homens à seus pés e mesmo ''nuas'' são chamadas de ''rainhas'' ou ''musas'', verdadeiras princesas despidas de pudor em nome da arte. Que incrível né? Assim desta forma forma o Carnaval é ''democrático'' e verdadeiramente ''social''. Quem diria?


Todos embarcam na ''carruagem'' popular em nome da felicidade coletiva. Na quarta-feira de cinzas tudo se desfaz e cada um volta a seu posto com seus preconceitos na forma real.


Pois é pessoal, vou deixar minha dica de Carnaval, o meu enredo para o próximo ano, porque este já esta encima: que os 365 dias do ano sejam de paz e amor e que todos saibam viver em harmonia e não somente nestes cinco dias de folia!


Por um Carnaval livre, sem grilhões, nem coleiras!

58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo