Cardio Nefroclínica emite nota sobre interrupção de tratamento de diálise para pacientes SUS



É com enorme preocupação e tristeza que tornamos pública a dificuldade que enfrentamos, também vivenciada pelos demais serviços de diálise do País, resultado do subfinanciamento do SUS.

A interrupção do tratamento de diálise para pacientes SUS, portadores de doença renal crônica, realizado por nossa instituição há mais de 40 anos, é iminente. O contrato que mantemos com o município se extingue no final do corrente mês (setembro / 2021) e se tornou impossível renová-lo nos atuais moldes.

Já não temos mais como arcar com o prejuízo gerado em função da falta de reajuste há cinco anos, por parte do SUS, agora agravado pelo custo resultante das adequações necessárias para atender os pacientes com Coronavírus.

O valor recebido por sessão de diálise (194,20 reais) não cobre o custo para realizá-la (359,87 reais).

A complicada situação que vivemos não é novidade para o poder público municipal, visto que estamos em diálogo desde a administração anterior.

Permanecemos aguardando, com preocupação, o posicionamento do executivo municipal, que estuda a forma de manter o serviço em nossa cidade.

Na expectativa sobre o futuro de nossos pacientes e colaboradores, nos colocamos publicamente à disposição dos gestores municipais e da comunidade em geral para encontrarmos a solução mais segura e adequada para todos.


Foto: Reprodução | Facebook

599 visualizações0 comentário