Candidatos denunciam irregularidades no concurso da Brigada Militar

Neste domingo, 30 de janeiro, foram realizadas as provas do concurso público da Brigada Militar do Estado, na região Metropolitana de Porto Alegre. As provas foram aplicadas pela Fundatec e deverão ter seu gabarito divulgado na terça, 1° de fevereiro. Mas uma polêmica ganhou as redes sociais nesta noite de domingo: candidatos apontam falhas na fiscalização das provas, que teriam tido brechas que permitiram o uso de telefones celulares, algo que é proibido em concursos.


Prints de redes sociais davam conta inclusive de publicações em redes nas salas de provas e inconformados, candidatos pedem à Fundatec a anulação das provas. Além disso, a fiscalização teve falhas ao fiscalizar os candidatos para que não cometessem irregularidades sob pena de desclassificação.


Em contato com a entidade, a reportagem foi informada pela assessoria de imprensa que os fatos estão sendo investigados internamente. "Uma reunião será realizada nesta segunda-feira e após, a Fundatec emitirá uma nota oficial sobre estes fatos", afirmou Adriana Kühn, assessora da Fundação.


A Brigada Militar também solicitou uma reunião urgente com a Fundatec.


*Com informações do Caderno 7




1.218 visualizações0 comentário