top of page

Cadela supostamente envenenada mobiliza populares e é resgatada no Parque Internacional

Terça-feira (17), foi mais um dia de terros para os animais, pois foi registrado no amanhecer mais 3 mortes, dois cães na Morada da Colina e um na vila Santa Rosa. Enquanto corre a investigação do caso Gorda e Pirata, os protetores dos animais temem por mais cães de rua e até mesmo os que estão dentro dos pátios.


Na noite, pessoas mandaram mensagem para o Sentinela, pedindo ajuda para uma cadelinha que estava fraca, sem forças para levantar e com os olhos vermelhos, próximo ao obelisco do Parque Internacional. Segundo populares, ela estaria naquela mesma posição desde o entardecer e não teria aceitado água nem comida de quem foi ajudar. Durante live, a Veterinária Carina Scardoelli falou que poderia prestar ajuda a mesma, mas precisaria que alguém levasse o animal até a clínica, ação feita por uma voluntária que também foi até o Parque para ajudar.


A Brigada Militar através da Força Tática esteve acompanhando de perto a situação e segundo a veterinária, apesar do animal estar muito doente, não aparentava ser envenenamento. A mesma poderia até estar grávida. Antes de sair do Parque, outro popular abordou os policiais e disse que a cachorrinha estava acompanhando um homem que a deixou atada toda a tarde no sol e havia reconhecido ela durante a live, por isso foi informar a polícia.


Foto: Ralph Quevedo | Sentinela 24H




0 comentário
bottom of page