Câmara revoga projeto que cedia área pública para Clube de Tiro em Livramento



Na última segunda-feira (21), foi a votação na Câmara Municipal de Vereadores um projeto para suspender a doação de uma área para um clube de tiro, que vinha causando transtornos aos moradores da região nos últimos meses.


Segundo informou o Vereador Lídio Mendes "Melado", foi corrigido um erro da Câmara, durante a sessão. Isso se deve ao fato que, quando a área foi doada, foi afirmado que já havia sido realizado um estudo de impacto ambiental e vizinhal. "Para nós parecia tudo normal", declarou Lídio e ainda relembrou que durante essa primeira votação, nenhum morador se fez presente para apresentar qualquer reclamação.


Com esse panorama, os Vereadores votaram favoráveis a doação da área, e cerca de 6 meses após, um grupo de moradores foi até o gabinete de Melado, convidando o mesmo para ir olhar a situação que eles estavam vivendo, "Eu fiquei horrorizado".


"Me sente constrangido por que erramos na votação e não fiscalizamos", desabafou o Vereador. Desde esse momento, ele manteve reuniões com os advogados dos moradores, onde foi constatado que a área foi doado em ano eleitoral, algo que não podia ser feito.


Em posse dessa informação, junto com o fato dos estudos de impacto que não foram realizados e pela não conversa prévia com os moradores do bairro Subida da Serra e Santa Rita, Melado junto com alguns representantes esteve junto ao Prefeito Ico, apontando o erro que ambos poderes haviam cometido.


Dessa maneira, foi votada na sessão da manhã de segunda-feira pela revogação da doação, e aprovada com a maioria dos votos da Câmara, sendo que os Vereadores concordaram que foi um erro da sua parte.


Melado esclareceu que não tem nada contra o clube de tiro, e que até estava disposto a ajudá-los a encontrar uma nova área. Porém, o Vereador enfatizou que deve dar entrada em um projeto para que standes só possam ser instalados entre 10 e 15km da zona urbana do município.


Foto: Lucas Bichinque | Sentinela 24H

108 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções