© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções

Brasil restringe entrada de estrangeiros vindos do Uruguai

O Brasil restringiu a entrada de estrangeiros vindos do Uruguai por via terrestre, em mais uma medida para tentar conter o avanço do coronavírus. A medida é válida por 30 dias a partir deste domingo e pode ser prorrogada, caso seja necessário. Em cidades gêmeas como Livramento e Rivera, informações preliminares apontam que a rotina será normal, não podendo ir para o resto do território os estrangeiros que não estão amparados por peculiaridades da medida, citados abaixo.


O transporte de cargas não está restrito e a medida também não impede a entrada de pessoas que façam parte de ações humanitárias. A medida não vale:

ao brasileiro, nato ou naturalizado;ao cônjuge ou companheiro uruguaio de brasileiro, nato ou naturalizado;ao uruguaio que tenha filho brasileiro;ao estrangeiro residente no Brasil;ao profissional estrangeiro em missão a serviço de organismo internacional, desde que devidamente identificado; eao funcionário estrangeiro acreditado junto ao Governo brasileiro.

A medida não impede: o livre tráfego do transporte rodoviário de cargas, na forma da legislação vigente;a execução de ações humanitárias transfronteiriças previamente autorizada pelas autoridades sanitárias locais;o tráfego de residentes fronteiriços, mediante a apresentação de documento de residente fronteiriço ou outro documento comprobatório.

Quem descumprir a medida será deportado imediatamente e não poderá pedir refúgio. Ainda de acordo com a portaria, o autor do descumprimento poderá sofrer responsabilidade civil, administrativa e penal.

Na quinta-feira (19), o governo federal já havia restringido a entrada por via terrestre de estrangeiros vindos de outros países da América do Sul. A medida foi assinada pelos ministros Walter Souza Braga Netto (Casa Civil), Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde), com base em recomendações da Anvisa.


Fonte: G1