Bombeiros alertam sobre risco de incêndios em campo e lixo, após caso no Cerro do Batuva



Na última quarta-feira (29), santanenses e riverenses presenciaram uma cena assustadora, onde vários focos de incêndio tomara conta do Cerro do Batuva, e de outros pontos de Santana do Livramento.


A equipe do Sentinela 24H conversou com o Sargento Emerson, sobre o trabalho realizado nesses casos, alé de trazer um alerta para a comunidade. Além do Cerro do Batuva, focos na Cohab e nas proximidades do bairro Simon Bolívar também foram registrados.


"Foram 14 horas trabalhando no Batuva", revelou o Sgt. Segundo ele, com a chegada do calor, além da falta de água e chuvas, incêndios em campo intensificam em toda a região, e geralmente as causas são humanas.


"O pessoal descuida, e muitas vezes intencionalmente. Acaba colocando fogo e não tem noção da direção do vento, e este (o fogo) se direciona para residências", relatou Emerson. O Sargento do Corpo de Bombeiros Militar pediu para aquelas pessoas que vão fazer limpeza de pátio, que não tirem a sujeira queimando, e sim entrando em contato com a Prefeitura e solicitando que os responsáveis removam.


Questionado sobre a questão do crime ambiental, ele lembrou que se o Corpo de Bombeiros flagra uma situação de pessoa colocando fogo, retem o indivíduo até a chegada do Policiamento Ambiental.


Ao todo, foram quase 1300 ocorrências atendidas em 2021 em Santana do Livramento, sendo 480 de incêndios em campo e residências.


Foto: Lucas Bichinque | Sentinela 24H




248 visualizações0 comentário