ATENÇÃO; Sec. de Trânsito divulga orientações aos motociclistas santanenses

Devido a altos incidentes com motos em nossa cidade, a Secretaria de Trânsito e Mobilidade urbana divulga orientações que devem ser seguidas pelos condutores satanenses. Segundo dados, 80% dos acidentes com lesão que ocorrem são com motociclistas em Santana do Livramento.


Deixamos aqui alguns itens a serem seguidos pelos condutores de motocicleta;


Pilote utilizando equipamentos de segurança

Capacete aprovado pelo Inmetro; calça e jaqueta de tecido resistente


Reduza a velocidade

Quanto menor a velocidade, maior será o tempo disponível para lidar com o perigo de uma condição adversa ou situações inesperadas, como mudança súbita de trajetória de outro veículo.


Atenção e concentração

O ato de pilotar motocicletas exige muita atenção do motociclista, por isso evite se distrair.


Respeite a sinalização de trânsito

Conheça e respeite os sinais e as placas de trânsito.


Cuidado nos cruzamentos

Os cruzamentos são os locais de maior incidência de acidentes de trânsito, então redobre a sua atenção e reduza a velocidade ao se aproximar, principalmente nos cruzamentos sem sinalização de semáforos.


Cuidado nas ultrapassagens

Sinalize com antecedência sua manobra e certifique-se de que você foi realmente visto pelo motorista a ser ultrapassado; cuidado ao passar entre veículos, principalmente ônibus e caminhões.


Cuidado com pedestres

Lembre-se de que o pedestre tem prioridade no trânsito urbano; seja cordial e cuidado com os pedestres desatentos, principalmente crianças e idosos.


Seja visto

Ao pilotar à noite, use roupas claras e com materiais refletivos; se estiver em rodovia, ligue o pisca alerta.


Alcoolismo

Está mais que provado que bebida e direção não combinam. Então, se beber não pilote, fique vivo no trânsito.


Mantenha distância

É imprescindível manter uma distância segura dos veículos à frente (cerca de cinco metros) principalmente em avenidas e rodovias.


Cuidado com a chuva

Redobre a atenção, reduza a velocidade e evite freadas bruscas; lembre-se de que nestas condições o tempo de frenagem é duas vezes maior que o normal.

Foto: Sentinela24h

262 visualizações0 comentário