"As pessoas achavam ser só uma gripe", diz enfermeira sobre procura para testes de Covid



Na manhã desta quarta-feira (05), a equipe do Sentinela 24H compareceu na Centro de Triagem e Ambulatório Covid de Santana do Livramento, onde registrou uma grande movimentação de pessoas buscando realizar o teste da Covid-19.


Em entrevista concedida, a enfermeira responsável pela triagem e ambulatório, Iana Haas, classificou a situação como uma "Movimentação crítica, um alto número de pessoas vindo aqui testar e outro volume alto de pessoas no telefone, pedindo informações", relatou.


"A cada 10 testes, entre 4 e 5 são pessoas positivas", revelou Iana. Questionada sobre os motivos da alta de casos e da grande procura, o contato de pessoas com alguém que teve sintomas é um dos principais motivos da procura.


"As pessoas acreditavam ser só uma gripe. Muita gente trabalhou assintomática e não veio testar", relatou. Dentro das últimas 48 horas, por volta de 300 pessoas foram testadas, e segundo contou Iana, estão em tratativas junto com o Secretário da Saúde para ampliar a testagem em outros momentos e locais. O Governo Municipal anunciou inclusive durante a tarde, que a população pode realizar os testes também no PAM - Pronto Atendimento Médico.


A reportagem questionou a enfermeira sobre como as pessoas que apresentem algum dos sintomas devem proceder, e Iana afirmou que com a testagem ampliada, "Na dúvida, testa", Ela ainda relatou no momento tem lugares com surto porque a pessoa foi trabalhar assintomática, ou pensando que era somente um resfriado.


O Ambulatório e Centro de Triagem Covid está aberto a partir das 8h e vai até às 13h. Entre 13h e 14h é realizado um intervalo, onde os profissionais além de descansar realizam uma desinfecção completa no local. Às 14h é retomado o atendimento, "ontem encerramos às 16h15, mas fomos até às 18h atendendo quem estava na fila", contou.


Confira a entrevista na íntegra:



Foto: Lucas Bichinque | Sentinela 24H


1.643 visualizações0 comentário