Apenados do semiaberto promovem rebelião Presídio Estadual de Rosário do Sul



Por volta de 10h30 da manhã desta terça-feira (31), dezenove apenados do regime semiaberto do Presídio Estadual de Rosário do Sul iniciaram um princípio de rebelião reivindicando prisão domiciliar, motivados pela pandemia do Covid 19. Eles quebraram objetos e arremessaram pedaços de concreto e outros itens contra servidores da Brigada Militar e agentes da Susepe.


Conforme a ocorrência da Brigada Militar, a guarnição foi acionada ao presídio Estadual por solicitação de agentes da Susepe. No local os apenados reivindicavam a prisão domiciliar, quebraram objetos no interior do albergue, como camas, objetos pessoais e as próprias paredes. A Brigada Militar, num total de 20 policiais, além do Corpo de Bombeiros Militar compareceram no local.


A BM iniciou a negociação com os reclusos, os quais não aceitaram as condições e seguiam arremessando pedaços de concreto contra os efetivos. Diante disso, foi necessária a intervenção com uso de munição anti-motim contra os apenados. Cinco deles ficaram com ferimentos leves e receberam atendimento médico por uma equipe vinda do Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora. Segundo informações da Brigada Militar, alguns dos apenados poderão ser transferidos para outros presídios.  Apesar das pedras de concreto arremessadas, nenhum PM ou agente penitenciário ficou ferido.


Até a conclusão da reportagem a diretoria do presídio ainda não havia manifestado-se sobre o fato.


Fonte: Gazeta de Rosário



237 visualizações0 comentário