Apenados de Penitenciária no RS produzem máscaras para hospital



Apenados da Penitenciária Modulada de Montenegro (PMM) começaram nesta terça-feira (12/5) a confecção de máscaras de proteção contra o novo coronavírus para o Hospital de Montenegro. O primeiro lote conterá mil unidades. A iniciativa partiu da voluntária Ivânia Martins, residente no município, que articulou o projeto com a instituição de saúde e a direção da unidade prisional.


O hospital comprou os materiais para a costura das peças, e a penitenciária participa com a mão de obra prisional. O diretor da PMM, Peter A. Percoski, destaca que "a administração da casa prisional trabalha para aumentar a capacidade de produção, por meio da abertura de mais uma oficina de confecção, na qual até 20 apenados poderão participar".


A PMM também produz uniformes para a Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen) e para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), além de beliches e outros materiais de marcenaria. Os apenados recebem, a cada três dias de trabalho, remição de um dia na pena.


Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Foto: Divulgação Seapen-Susepe

44 visualizações0 comentário