Advogados alertam sobre juros abusivos em empréstimos para aposentados e pensionistas



Aposentados e pensionistas são os alvos preferidos de muitas instituições financeiras que buscam o enriquecimento ilícito através de juros abusivos. Os principais motivos são:


1) A falta de informação dos consumidores acerca das taxas de juros operadas no mercado, para saber se a taxa de juros aplicada no contrato é abusiva.

2) a remuneração fixa e vitalícia recebida pelos aposentados e pensionistas , que torna o risco da falta de pagamento baixo, encorajando as instituições financeiras a forçar a renegociação dos empréstimos, prolongando a dívida por muito mais tempo do que deveria;

3) A assinatura de autorização para desconto dos empréstimos diretamente na folha de pagamento ou na conta em que o aposentado/pensionista recebe seus proventos, o que inviabiliza a sustação dos descontos pelo consumidor, mesmo que haja evidente ilegalidade praticada pela instituição financeira.


Juros abusivos podem comprometer a remuneração de quem contrai um empréstimo, e levar essa pessoa ao superendividamento.


A boa notícia é que é possível a revisão desses juros, através de negociação com a instituição financeira ou, se isso não for possível, existe a alternativa de ajuizamento de ação revisional de juros, podendo o consumidor inclusive receber de volta os valores que tenha pago a mais.


Conhecer os direitos do consumidor é muito importante para fugir dessas armadilhas.

274 visualizações0 comentário