Sentinela é objeto de estudo para doutorado de Mato-Grossense


Na tarde da última quinta-feira (10), a reportagem do Sentinela conversou com o jornalista Gesiel Rocha de Araújo, que está fazendo seu Doutorado em Comunicação pela UFRGS.

Natural de Mato Grosso do Sul, Gesiel nasceu na cidade de Campo Grande e se formou em jornalismo na Faculdade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). ''Desde o Mestrado eu estudo mídia fronteiriça, a relação entre mídia, fronteira e as relações políticas. Já estudei algumas fronteiras enquanto realizava o Mestrado, e agora para o Doutorado escolhi estudar duas regiões aqui do Rio Grande do Sul, que são Sant'Ana do Livramento/Rivera, Uruguaiana/Passo de Los Libres'', declarou o jornalista.

Além disso, o mato grossense comentou que seu objetivo é continuar estudando a mídia fronteiriça, mais particularmente os sites de notícia, com foco na cobertura que realizam durante os períodos eleitorais, ou seja como se dá essa cobertura, e qual é a relação entre a imprensa online nas regiões de fronteira com as eleições.

Gesiel comentou que identificou o jornalismo na fronteira com várias facetas, e ficou surpreso com o grande volume de conteúdo produzido, de áreas cobertas e da intensidade e disposição que existe na busca de notícias a qualquer custo, em qualquer situação e circunstância.

O jornalista pretende retornar a região, apesar de ter escolhido a mídia online justamente pela possibilidade de poder acompanhar de longe o que acontece. ''Com os atuais cortes nos recursos, é difícil se deslocar para realizar as pesquisas'', comentou o aluno de doutorado.

Sobre a tese do doutorado, o jornalista contou que esta na etapa de pesquisa exploratória, mapeando os veículos e conhecendo as pessoas que trabalham com a mídia local, pretendendo realizar na sequência o acompanhamento enquanto realiza a fundamentação teórica.

Foto: Lucas Bichinque | Sentinela 24H


© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções