Atividade em festival no RS é cancelada por maus tratos aos animais


Desta vez, o município de Araricá/RS, que estará promovendo, de 20 a 25 de agosto, a Festa das Azaleias.

Dentro da programação, no sábado, dia 24, às 16h, estava prevista a PEGA DO PORCO NA LAMA. Uma modalidade de disputa cruel, onde os perseguidores (concorrentes), em uma área restrita e lamacenta, correm atrás de filhotes, lançando-se sobre eles, sendo vencedor aquele que pegar o leitão em menor tempo.

Um flagrante de crueldade e maus tratos, pois dessa “brincadeira” podem resultar traumas físicos aos animais, inclusive fraturas , além de sofrimento psicológico, com alto nível de estresse.

O MGDA recebeu a denúncia dessa prática, apresentou uma Ação Civil Pública, com pedido em liminar, para que fosse proibida a atividade. A Justiça acolheu nosso pedido e hoje foi publicado o deferimento da liminar.

Está suspensa a pega do porco na lama.

Em maio deste ano, também recebemos uma denúncia de atividade semelhante nos Jogos Germânicos de Estrela. Na ocasião a Justiça também acolheu a liminar e a modalidade foi retirada da programação.

Vivemos um momento crítico, e os animais estão sendo atacados por todos os lados. Precisamos ficar atentos e denunciar essas atividades cruéis, medievais e retrógradas, e todas as ações que coloquem em risco os direitos e a dignidade dos animais.


89 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções