Acusado de atropelar mãe e filha é condenado a dois anos de prisão em Rivera


Na tarde desta quinta-feira (08) a justiça uruguaia condenou o autor de um atropelamento ocorrido no mês de dezembro do ano passado, a 2 anos de prisão preventiva e mais 2 anos de liberdade condicional.

O acusado foi o autor de um atropelamento no lado uruguaio da fronteira, onde acabou atingindo uma mãe e sua filha que estavam cruzando uma faixa de pedestres. Ele ainda fugiu sem prestar auxílio. Ambas foram internadas em estado grave, sendo que a mãe ficou em coma e a criança foi encaminhada até o Hospital de Tacuarembo. Após seis meses internada, a menina faleceu, devido suas lesões.

Segundo a advogada da família, a decisão da pena foi de comum acordo tanto da parte da família da vítimas, quanto do acusado.


419 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções