Apos noite de terror, Mãe e padrasto de Ana Clara são transferidos para Montevideo


Após uma noite de gritos e ameaças dentro do complexo penitenciário do Carancho, o preso Jonathan Alvez foi transferido para Montevideo. Assim como ele, a mãe de Ana Clara, Gime Palombo, também foi levada para a capital do Uruguai. Os apenados estariam insatisfeitos com a presença do autor do crime que chocou o país.

Os dois ficarão pesos por 180 dias, ele pela morte da menina e abuso sexual e ela por violência contra a pequena e omissão de socorro, onde há o agravante por ela ser a própria filha e por se tratar de uma criança.

O caso segue sendo investigado e seguimos buscando informações sobre a situação dos presos e trabalho que está sendo feito de forma brilhante pela Polícia de Rivera diante deste caso tão delicado e de grande repercussão.


0 visualização

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções