Mais dois Argentinos são impedidos de entrar no Brasil por Sant'Ana do Livramento


A Polícia Federal barrou a entrada de 12 torcedores argentinos que chegavam ao Brasil pelas fronteiras do Rio Grande do Sul para assistir à partida da seleção de seu país contra o time do Catar, às 16 horas, em Porto Alegre, pela Copa América. O último caso foi registrado neste domingo, em Uruguaiana. Os outros impedimentos ocorreram nas cidades de Santana do Livramento e São Borja. Os casos são registrados desde quinta-feira, quando o movimento nas estradas se intensificou rumo à Capital.

Os torcedores foram identificados como "barra bravas" e fazem parte de uma lista com cinco mil nomes de considerados violentos pelo país vizinho. A relação foi entregue às autoridades brasileiras pelo próprio governo argentino e os turistas identificados estão sendo deportados. Nas cidades da Fronteira Oeste, há reforço na fiscalização durante o período de jogos torneio. Uruguaiana é o principal portal terrestre em movimentação de turistas no País. Em 2018, mais de 900 mil estrangeiros passaram pelo local (total de entradas e saídas).

Segundo a prefeitura de Porto Alegre, ao menos 20 mil argentinos devem acompanhar o jogo. Somente entre sexta e sábado, cerca de 6 mil argentinos ingressaram no país pelas cidades de Porto Xavier, Porto Mauá, Uruguaiana, São Borja, Santana do Livramento, Jaguarão, Chuí e Aceguá. Pelo Aeroporto Internacional Salgado filho foram quase 300.

Fonte: Correio do Povo

Foto: Policia Federal / Divulgação


197 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções