• G1/RS

Serviços são afetados devido a protestos contra reforma da Previdência no RS


Serviços são afetados nesta sexta-feira (14) no Rio Grande do Sul devido a protestos contra a reforma da Previdência que ocorrem pelo país.

Algumas cidades gaúchas estão sem transporte público desde a madrugada. Escolas e universidades de algumas regiões suspenderam as aulas. Paralisações também afetam serviços de saúde.

Saúde

A Prefeitura de Porto Alegre informa que a Unidade Modelo atende com menos de 20% dos servidores. Não estão sendo aplicadas vacinas neste início da manhã. As demais unidades estão sendo avaliadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

De acordo com a secretaria, os profissionais estão sendo convocados por telefone pelas chefias e depois por Diário Oficial, caso não compareçam ao trabalho. Até as 11h, 18 unidades de saúde estavam sem atendimento ao público. Veja a lista:

- US Graciliano Ramos - GCC

- US Primeiro de Maio - GCC

- US São Gabriel - GCC

- US Vila Gaúcha – GCC

- US Batista Flores - LENO

- US Jardim Protásio Alves - LENO

- US Laranjeira - LENO

- US Milta Rodrigues - LENO

- US Safira Nova - LENO

- US Tijuca – LENO

- US Timbaúva - LENO

- US Vila Safira - LENO

- Wenceslau Fontoura - LENO

- US Beco dos Coqueiros - NEB

- US Passo das Pedra II

- US Santa Helena - PLP

- US Chapéu do Sol - RES

- US Ilha do Pavão – NHNI

Educação

Algumas escolas e universidades do Rio Grande do Sul suspenderam as aulas nesta sexta-feira (14). A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) diz que não foi avisada sobre paralisação de escolas, mas realiza um levantamento da situação ao longo da manhã. Confira:

- 4ª CRE (Caxias do Sul): de 119 escolas da região, 36 estão paralisadas.

- 3ª CRE (Estrela): de 88 escolas, 10 não estão funcionando.

- 14ª CRE (Santo Ângelo): 9 escolas estão paralisadas, 7 funcionam parcialmente e 18 têm aula normal.

- 23ª CRE (Vacaria): somente uma escola parou.

- 39ª CRE (Carazinho): de 60 escolas, oito paralisaram.

- 2ª CRE (São Leopoldo): funcionamento segue normal em mais de 60 escolas.

- 36ª CRE (Ijuí): de 52 escolas, uma não funciona.

- Em Porto Alegre, das 247 escolas, 56 responderam: 24 não estão funcionando, 15 não aderiram, e 17 funcionam de forma parcial.

O CPERS Sindicato, que representa professores estaduais, diz que orientou os educadores a paralisarem suas atividades e participarem dos atos organizados para esta sexta.

As unidades de monitoramento da Secretaria Municipal da Educação de Porto Alegre (Smed) acompanham a situação das escolas. Até o momento, não há informações sobre unidades fechadas. Até por volta das 9h, o serviço era normal. Mais tarde, haverá uma atualização.

Em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, das 31 escola municipais, 11 estão paralisadas, quatro pararam os serviços parcialmente e 16 escolas funcionam normalmente. Em Bagé, na Região da Campanha, pelo menos três escolas funcionam parcialmente, e uma está sem aulas.

O Sindicato do Ensino Privado (Sinepe) informou sobre escolas particulares sem aulas, a maioria em Porto Alegre. O motivo é a adesão de professores à greve.

- Colégio Maria Imaculada

- Colégio João XXIII

- Colégio Marista Sant Ana (Uruguaiana)

- Escola Cenáculo

- Colégio Rainha do Brasil

- Escola Dom Luis Guanella

Transporte

Na Região Metropolitana de Porto Alegre, os trens ficaram paralisados no começo da manhã devido a invasão na via. Por volta das 7h40, a Trensurb informou que os trens voltaram a funcionar. O transporte está agora com intervalos de 15 em 15 minutos e passe livre. Os usuários não estão pagando passagens porque não há funcionários suficientes para o funcionamento das bilheterias.

Em Porto Alegre, ônibus estão funcionando normalmente. No interior, algumas cidades estão sem transporte público na manhã desta sexta.

Bloqueio em rodovias

Na BR-290, em Eldorado do Sul, a equipe do Choque da Polícia Rodoviária Federal realizou uma ação para liberar a rodovia. Manifestantes haviam colocado fogo em pneus. O Corpo de Bombeiros também foi ao local.

Rodovias Federais

A Polícia Rodoviária Federal informou que há bloqueios em algumas rodovias federais do Rio Grande do Sul. Confira:

Bloqueio total

- BR-158, no km 532, em Santana do Livramento

- BR-285, no km 208, em Lagoa Vermelha

- BR-153, km 52, em Erechim

Bloqueio parcial

- BR-116, no km 146 em Caxias do Sul

- BR-386, no km 132, em Sarandi

- BR-386, em Lajeado

Manifestações sem interrupções no trânsito

- BR-392, no km 66, em Pelotas

- BR 392 km 19 em Rio Grande (aglomeração de pessoas, sem interrupção)

- BR 116 Km 465 – São Lourenço do Sul (aglomeração de pessoas, sem interrupção

Rodovias estaduais

- RSC-480, km 35, em São Valetim

Bancos

De acordo com o presidente do Sindibancários, Everton Gimenis, a categoria aderiu à greve, mas ele ainda não tem o levantamento das agências fechadas ou com funcionamento parcial.

Fonte: G1 RS


0 visualização

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções