Bandidos invadem mantenedouro e matam espécie em extinção em Santa Maria


Pela primeira vez em 23 anos, uma situação deixou profissionais que trabalham no Mantenedouro São Braz, em Santa Maria, desolados. No último sábado, uma fêmea de veado-virá, animal selvagem em extinção, foi encontrada morta, cerca de um quilômetro da entrada do local. O responsável pelo local, Santos de Jesus Braz da Silva, conta que chegou por volta das 8h de sábado, quando encontrou as grades dos viveiros abertas e rastros de sangue.

O Batalhão Ambiental da Brigada Militar (BM) foi acionado e fez o registro da ocorrência. Segundo Braz, galinhas caipiras e perus, da criação de poedeiras, também foram furtados. A suspeita é que o crime tenha acontecido durante a madrugada.

- Era uma fêmea que, desde sempre, foi criada por nós. A mãe dela foi morta por caçadores, e ela era um animal bastante dócil. Ela tinha seis anos e cerca de 35 quilos. É um crueldade encontrar o animal, indefeso, dessa forma. Não existe justificativa para uma crueldade dessas. Nós ficamos muito tristes e revoltados com isso, gerou uma grande comoção em todos nós. Temos, aqui, um projeto de educação ambiental, para sensibilizar e conscientizar as pessoas sobre a importância dos animais, e é repugnante saber que existem pessoas assim - desabafou Braz.

O caso é investigado, mas, até o momento, não há suspeitos. No mantenedouro, há câmeras de monitoramento, mas elas ficam restritas às áreas onde documentos são armazenados. Além disso, também existe vigilância 24 horas, o que não evitou que o crime fosse cometido.

Agora, Braz pretende instalar mais câmeras no local. Ele diz que a prefeitura e a Câmara de Vereadores já entraram em contato para a criação de uma vaquinha online, que pretende arrecadar o valor necessário para compra e instalação dos equipamentos, já que o local funciona sem qualquer recurso do poder público.

- O sentimento que fica é o de revolta pela invasão de uma propriedade, pela morte tão cruel de um animal e, também, por ver que a nossa liberdade e segurança estão afetados. Eu sou o responsável pelo local, então sei que tenho o compromisso de manter a segurança.

Fonte: Diário de Santa Maria


199 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções