• G1 RS

Polícia prende suspeitos de execuções e atentados na Região Metropolitana de Porto Alegre


A Polícia Civil realiza, na manhã desta quarta-feira (3), uma operação para prender integrantes de uma organização suspeita de praticar execuções e atentados na Região Metropolitana de Porto Alegre. Os crimes começaram por vingança depois que um grupo rival matou um dos membros desta quadrilha. São cumpridas sete ordens prisão e 10 de busca e apreensão em Canoas, Nova Santa Rita, São Leopoldo e Novo Hamburgo. Foram presas sete pessoas.

Segundo a polícia, no início de janeiro deste ano, os criminosos divulgaram um vídeo fazendo ameaças de morte aos rivais. Dois dias depois, um homem de 53 anos, deficiente físico, foi sequestrado, na frente de casa, com a presença de familiares, em Canoas.

A polícia acredita que ele tenha sido executado. Os criminosos chegaram a divulgar uma foto do grupo com armas apontadas para a vítima, dentro do veículo que foi usado durante o sequestro.

De acordo com polícia, os investigados na Operação Divisas têm antecedentes criminais como homicídios, porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

"Possivelmente duas situações criminosas foram esclarecidas. Existem muitos indícios de crimes brutais”, disse o delegado Thiago Carrijo.

Fonte: G1 RS

Foto: Divulgação / Polícia Civil


0 visualização

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções