Curso de Energias Renováveis do IFSul poderá ajudar DAE a implantar projeto fotovoltaico em Livramen


O curso de energias renováveis do IFSul - Instituto Federal Sul Riograndense- poderá ajudar o DAE - Departamento de Água e Esgoto - a implantar em seus poços de captação o projeto de energia solar, fotovoltaica. A proposta levada ao governo municipal pelo vereador Dagberto Reis, através do Anteprojeto de Lei Nº 17/2018, que prevê a utilização de fontes de energia renováveis em órgãos do município, tem avançado no DAE que já anunciou a instalação no Sistema Registro, que apresenta o maior consumo entre todos os poços da cidade.

Na reunião, realizada no IFSul, que contou com presença do diretor administrativo do DAE, Sigmar Martins e dos professores Francilon Simões, coordenador do curso, e Eliezer Oliveira e do parlamentar, vários encaminhamentos foram tirados para serem levados ao diretor geral da autarquia Gorge Banura.

"A participação de um instituto federal com o conhecimento agrega muito para implantação deste projeto. É bom para os alunos do IFSul e também para o DAE e a comunidade santanense", afirmou Dagberto Reis, lembrando da economicidade que será gerada com este projeto. "Hoje o DAE paga 500 mil reais mensais de energia. Um absurdo. Tem como uma gestão eficiente utilizando energias renováveis como a solar, diminuir consideravelmente este valor”, completou o parlamentar.

Fonte: ASCOM Câmara Municipal de Vereadores


113 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções