Ufólogos realizam vigília após avistamento de luzes no céu, na região do Vale do Rio Pardo


Um grupo de ufólogos com estudiosos de Santa Maria, Porto Alegre e Santa Cruz do Sul realizou uma vigília astronômica na madrugada deste domingo, 27, no interior de Vera Cruz. A atividade foi planejada depois de vários depoimentos de pessoas que viram "luzes" nas proximidades do local onde ocorreu a vigília. De acordo com o coordenador do Núcleo de Estudos Ufológicos de Santa Cruz do Sul (Neus), Rafael Amorim, em dezembro foi registrado o último evento anormal no céu, em Vera Cruz. "Naquela noite, foi vista uma luz opaca que cruzava o céu em uma altitude mais baixa do que um satélite, por exemplo. A partir deste relato, decidimos realizar a vigília." Participaram da observação sete pessoas em Vera Cruz. Segundo Amorim, na mesma madrugada, um grupo de astrônomos amador observou o céu em Venâncio Aires. "Durante a noite não foi registrada nenhuma atividade anormal. Apenas observamos o alinhamento dos planetas", justifica o coordenador do Neus. Segundo o coordenador do núcleo, nem tudo que se vê de "anormal" no céu pode ser atribuído a presença extraterrestre no céu. "Existe um trabalho que é feito junto com outros grupos de observação e com a própria Força Aérea nacional. Quando uma anomalia não se encaixa em nenhuma possibilidade é que ela é enquadrada como objeto voador não identificado, o famoso ovni."

Para tirar dúvidas

Quem desconhece a posição de astros e satélites no céu e quer saber mais sobre a observação e as vigílias astronômicas pode entrar em contato com o Neus. O núcleo mantém um fórum de discussão no Facebook e também coloca a disposição o telefone para contato. O número é (51) 99903 1971.

Fonte: Portal GAZ


0 visualização

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções