• G1 RS

Gansos reforçam a segurança na Penitenciária Estadual de Rio Grande


Gansos reforçam a segurança da Penitenciária Estadual de Rio Grande (Perg), na Região Sul do estado. De acordo com os agentes da casa prisional, os animais devem alertar os policiais que ficam nas torres de vigilância caso notem qualquer barulho ou movimento. O objetivo é diminuir, principalmente, o número de arremessos para dentro do presídio.

Sete aves chegaram, nesta semana, e se adaptam ao novo ambiente. Foram colocadas telas para isolar os animais em um ponto estratégico, perto de onde o presídio registra o maior número de apreensões por arremesso.

Apreensões em 2018

  • mais de 35 mil kg de maconha

  • 1.779 kg de cocaína

  • 2.680 kg de crack

  • 78 celulares

O lugar ainda está sendo preparado para os animais. Uma caixa d'água vai virar piscina para eles se refrescarem. Além dos gansos, a penitenciária conta com 15 cachorros para fazer a segurança do local.

O custo de criação dos gansos no presídio será de R$ 60 por mês para compra de ração. A expectativa é que eles se reproduzam até agosto para aumentar o efetivo. Na quinta-feira (24), uma das aves colocou um ovo.

Fonte: G1 RS


70 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções