© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções

Adolescentes confessam com detalhes como mataram taxista Porto-Alegrense


Dupla de adolescentes apreendidas pela Brigada nesta terça-feira (22) acabaram confessando o crime que resultou na morte do taxista Ermínio Oliveira da Silva, 39 anos, em Gravataí.

Em audiência nesta quarta-feira (23), o Ministério Público pediu a internação dos jovens pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte.

Segundo o delegado Gustavo Bermudes, da 2ª delegacia de Gravataí, os dois relataram com detalhes como todo o crime ocorreu. Ambos são moradores de Osório e estavam na Capital segunda-feira (21), já com intuito de roubar um carro e voltar para o Litoral Norte.

Ainda conforme o depoimento, a dupla disse que logo no início da Freeway, um deles pediu para que o taxista parasse para ele urinar. Já parados, um deles deu uma gravata por trás enquanto o outro deferia golpes no rosto de Ermínio, até a vítima desacordar. Ainda segundo eles, o motorista teria reagido, porém o delegado não acredita na hipótese.

Logo em seguida o corpo da vítima foi deixada ás margens da rodovia e os jovens utilizaram o carro para atropela-lo, demonstrando muita frieza e brutalidade. Ainda aguardando o laudo da perícia, o delegado acredita que a morte tenha sido pelo atropelamento, já que a roda do carro passou por cima do crânio de Ermínio.

Na freeway, o carro ficou sem gasolina e foi abandonado. Os adolescentes fugiram para um matagal, onde acabaram apreendidos no final da tarde.

REPERCUSSÃO:

Uma carreata com 100 carros foi organizada por taxistas de Porto Alegre. Ermínio era um grande conhecido dos taxistas da estação Rodoviária, local onde atuava há mais de 20 anos.

Colegas relatam que o colega amava a profissão e era gremista de carteirinha.

Fonte: Poa 24 Horas


82 visualizações