Fotógrafo é morto durante assalto em Cachoeirinha


Um fotógrafo de 31 anos morreu baleado, na tarde de terça-feira (15), na avenida Amazonas, em Cachoeirinha, na região Metropolitana. A principal linha de investigação é a de latrocínio (roubo seguido de morte), a partir de relatos de uma tentativa de assalto à produtora Charms Eventos, na qual Carlos Douglas Rodrigues da Cunha era freelancer.

Acionada, a Brigada Militar confirmou o óbito. Segundo o relato do proprietário do local, Cunha reagiu e acabou baleado na cabeça.

O dono da empresa comentou que ele e a vítima foram chamados pelo criminoso, com a produtora fechada, e resolveram abrir a exceção e oferecer o atendimento. Esse homem, com feições indígenas, afirmou que queria uma foto 3×4, mas na hora de fazer a imagem sacou a arma e anunciou o assalto. De acordo com a testemunha, Cunha tentou reagir ao ver uma oportunidade e, durante luta corporal, recebeu o disparo. O autor do crime segue foragido.

Fonte: Poa 24 Horas


0 visualização

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções