Cavalgada homenageia tenente da reserva morto em Porto Alegre


Um grupo de aproximadamente 40 cavaleiros prestou uma homenagem ao tenente da reserva da Brigada Militar (BM) Marcelo Garcez Ribeiro, que faleceu na madrugada deste domingo. Ribeiro foi baleado na manhã dessa sexta-feira na rua A, localizada no Loteamento Jardim Floresta, no bairro Lami, extremo sul de Porto Alegre.

A cavalgada em homenagem ao brigadiano foi organizada pelo CTG Porteira da Restinga. Apaixonado por cavalos, o brigadiano era um participante ativo de rodeios. Ribeiro foi o alvo de um ataque quando voltava para a festa de aniversário de um amigo depois de ter deixado a namorada Marilei Santos da Silva em casa.

As atividades tradicionalistas foi o que aproximou o casal que se conheceu há dois anos. Ela ficou chocada pela violência que atingiu o companheiro que já estava fora do serviço policial. “Ele trabalhou nessa função e não aconteceu nada. E aí agora que se aposentou, aconteceu essa tragédia”.

A polícia trabalha com várias hipóteses para o crime. Conforme a apuração, ainda não se sabe se o tenente foi reconhecido, se interviu em alguma situação ou se a dupla que o atacou pretendia roubar o seu carro.

Um dos suspeitos de participar do crime foi identificado e preso ainda nessa sexta-feira na Estrada do Varejão. Porém, no sábado ele recebeu um alvará de soltura e responderá ao processo em liberdade. O outro participante do crime já foi identificado, mas segue foragido.

Fonte: Correio do Povo


9 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções